Fim – Fernanda Torres

 

FIM – Fernanda Torres

Um livro com título pouco insinuante não é? Eu por exemplo, não fui pelo título, nem pela capa (talvez um pouco) e muito menos pela escritora. Não desmerecendo a Fernanda Torres, é claro. Mas confesso que eu não sabia quase nada dela, e julguei por muito tempo ela como uma atriz de “Tapas e Beijos” que fosse talvez, insiguinificante literalmente.

Isso mudou até a terceira página desse livro. Percebi que ela tinha acabado de se tornar uma das minhas preferidas escritoras nacionais. Eu tenho uma certa paixão por romances cariocas, livros cariocas. Mesmo sendo paulista, a maioria de livros que eu já li nacionais se passavam no Rio. Como este. Como ‘Ligue Os Pontos (Gregório Duvivier)’ e ‘Tapas e Pontapes (Diogo Monardi)’.
Agora falando sobre a história do livro, é incrível. Encontrei uns comentários sobre ele um pouco ‘generalizados’ demais para a qualidade desse livro, dos quais: “Um livro em que um monte de velho morre”; “Um livro que você confirma que ninguém morre sem trair”; “Um livro que até o Padre cansa da quantidade de morte”.
Esses foram os três comentários mais burlescos que eu encontrei. O único que eu posso concordar é o segundo, porque eu definitivamente desacreditei da fidelidade em relacionamentos depois de ler Fim. Todo mundo sente necessidade de trair.

O foco do livro é mostrar que todo mundo tem um fim. E a única certeza na vida é que vamos morrer, dos jeitos mais bem colocados, a escritora retrata u a morte no meio de uma amizade de quatro rapazes: Álvaro, Ciro, Neto e Ribeiro e suas respectivas mulheres e amantes. Seus desejos, erros, brigas e claro, suas mortes.

O jeito que a Fernanda Torres me mostrou ao escrever, é aquele jeito que faz parecer que você faz parte dos personagens. Pode parecer relatos de cariocas clichês mas é uma das histórias mais singulares que já li. E lembre-se, o livro pode falar de morte, mas realmente mostra a vida.

Ou seja, leiam. É muito bom, e para os preguiçosos, sim é curto.

 

Giovanna Travain

Imagem

We´re BACK

We´re BACK

Oi gente! Como vocês sabem, hoje o Arrisque-se Blog retorna de suas cinzas depois de quase UM ANO! Isso mesmo. Voltamos, e com tudo.
Bom, primeiramente temos muitas novidades incríveis que você vai amar. Junto com a chegada do Arrisque-se, vem também um sorteio, de um livro que estamos a escolha ainda. Fiquem ligados.

Para os leitores apenas do blog, gostaria de sugerir também que vocês conheçam nossa conta no instagram ( @arrisque_se_blog ) e nossa página no facebook: http://www.facebook.com/arrisque.se que tem várias novidades diárias que não tem no blog.

Conto com todo mundo desde sempre!
Beijinhos, A Garota Do Blog

Harry Potter * * * * *

Eu sumi, eu sei… Mas vamos ao que interessa… CONTEÚDO…

Acho que todos aqui sabem que Harry Potter é uma das coisas mais épicas que já inventaram/escreveram na literatura juvenil, certo?

Bom… Eu tenho minhas milhares de razões pra gostar de Harry, primeiro porque eu sempre praticar bruxarias… DO BEM! (ou não). Segundo porque Harry não é só a História de um simples bruxinho (que de simples não tem nada, SOBREVIVEU A UM AVADAKEDAVRA DO VOLDEMORT!), e, pelo menos pros fãs, envolve toda uma história de amizade, companheirismo e tudo que tem na vida de um adolescente (bruxo).

Harry não é uma saga simples, not al all! Portanto, pra ser um grande fã, você tem que ver todos os filmes com muita atenção, principalmente nos detalhes, porque isso constitui a saga toda!

Pra quem não conhece (GIOVANNA, LEIA ISSO) Eu não posso explicar, porque a história é muito longa… Mas é basicamente assim: Tem um bruxo das trevas muito poderoso, muito mesmo, as pessoas nem falam seu nome, que, ao tentar matar uma familia metade trouxa (normal) e metade bruxa, com um filhinho, só matou os pais, e o menino sobreviveu a um dos (se não o mais) poderoso feitiço. Acontece, que esse bruxo dizia que iria ”sumir” mas na verdade, o que ele fez foi se afastar, e quando foi matar o menino, colocou um pedaço de sua alma nele (por isso que o que ele podia ler os pensamentos do garoto, e o menino ”sentia” quando ele estava perto), e mais em alguns outros objetos (inanimados, ou não, depende) e ao longo dos filmes, Harry e seus amigos(pareceu desenho infantil, mas ok), vão matando, destruindo os ”pedaços” de Voldemort que tem por ai, que são chamados de Horcruxes. Quando o Harry descobre que ele é uma horcrux, ele se deixa morrer para poder derrotar o temido bruxo (mas lógico que ele não morre… o Harry, eu digo).

Como eu só li um livro até agora, eu não posso dar muitas informações sobre filme-livro, mas o que eu, e acho que todos os leitores perceberam, é que a maioria dos detalhes são seguidos a risca! algumas partes são puladas pelo fato de não caber no filme…  Mas nada de importante… por exemplo, no livro, ao inves de 1, tem 2 partidas de quadribol…

Livro ou série, a história é muito envolvente, chega até a ser muito real… Quando eu digo muitos detalhes, são muitos mesmo!!!!! É algo bizarro!!!!

Mais uma coisinha sobre Harry: No livro, eles falam plataforma 9  1/2, e nao 9  3/4… Pois é! ”Isso é uma incognita”

Bom, gente, eu me considero fã de HP sim, mas uma Potterhead não, até porque POSERS NOT ALLOWED… hehehe Eu admiro demais a saga e os Ptterheads, mas acho que é demais pra mim. Então, 4 bjs pra J.K, e 5 pros Potterheads seguidores do blog, e desculpa não ficar contando a história toda, porque é mó role e tem muita coisa.

Ahhh, sim claro… não poderia deixar de dar no mínino 5 estrelinhas pra ele! * * * * *

O Menino Do Pijama Listrado * * * * *

 oooi leitores do ‘Arrisque-se’ como vão?

  Hoje eu vou escrever sobre um livro que eu terminei recentemente. Eu li esse livro mais por recomendação do que por interesse. A fama desse livro era “chorar no final”, e realmente, eu chorei. 

   Para eu entender o livro, por mais simples que seja, eu tive que fazer algumas pesquisas, mas para facilitar a leitura de vocês, eu explico. 

   O livro narra a história de um soldado muito importante na época do Holocausto, um dos motivos mais importantes da 2ª Guerra Mundial, em que ele é um dos Alemães que escravizam e queimam os Judeus. 

  Para que vocês, leitores, entendam o que eu estou falando, vou explicar sobre o Holocausto no próximo artigo de coisas a parte (https://arrisquese.wordpress.com/category/coisas-a-parte-2/), para que eu consiga focar só no livro aqui.

   Enfim, voltando ao livro, Bruno é um menino de 9 anos que é filho de um soldado muito importante. Mora com sua mãe, com seu pai e com a sua irmã mais velha em Berlim.

   Sua vida é muito boa, cheia de amigos da sua idade que brincam com ele pelas ruas de Berlim. Bruno ama a sua casa de cinco andares, e ama também o fato de que em Berlim há várias pessoas em que ele pode ver nos sábados.

    Acontece que tudo isso que é muito legal na vida de Bruno, pode acabar. Seu pai é transferido para Haja Vista. Bruno fica chateado com os tristes pensamentos de ter de deixar seus amigos de Berlim. 

  Ao chegar em Haja Vista, fica mais triste e entediado ainda. Pelo fato de sua nova casa ter apenas três andares, por não ter crianças por perto – a não ser as da ‘fazenda’ – e por sua mãe não deixá-lo explorar o lugar. 

   Mas o pequeno Bruno é atrevido, e acaba escapando de sua casa para explorar a tal ‘fazenda’. Até que avista um menino com pijamas listrados. Os mesmos pijamas engraçados, em sua opinião, que Pavel, o cortador de legumes de sua casa, usa por baixo de suas roupas. 

   Bruno e esse garoto de pijamas viram amigos. Shmuel é o nome de seu companheiro para sempre. Do seu companheiro até a morte, literalmente.

  Eu estava me empolgando aqui pessoal, mas acho melhor parar de escrever sobre o livro, se não perde a graça. 

  Mas uma dica, não leia esse livro antes de ver o artigo sobre o Holocausto. Tenho certeza que vai ajudá-los muito. 

  Então é isso leitores. Espero que emocione-se com a incrível jornada do especial Bruno em Haja Vista com seu amigo Shmuel. 

Beijinhos da Garota Do Blog 

Giovanna Travain 

 

#Arquivos1 Bruno e Shmuel 

#Arquivo2 Capa do Livro

Diário de uma Paixão * * * * *

 Oi gente, este artigo é dedicado as fãs do instagram (@arrisque_se_blog) que pediram muito que eu fizesse a crítica desse filme, que é basicamente perfeito! 

  Eu já tinha assistido, porém nem lembrei de escrever aqui. Então, eu resolvi assistir de novo, para complementar os melhores detalhes! 

 Começando pelo Nicholas Sparks que eu tenho uma paixão incondicional! 

  Esse filme me fez chorar, e muito!, como a Última Música (aquele com a Miley Cyrus), em que eu chorei 

demais… 

 

Voltando ao filme. 

  Noah era um simples jovem do interior, sem muito dinheiro, viúvo de mãe. Morava em uma simples casa americana com seu Pai. 

  Estávam nas férias de verão. E para se divertir naquela época tão distante, todos os jovens iam ao parque divertir-se e paquerar;

Os garotos ganham bichinhos de pelúcia para impressionar as garotas, ou compravam ou algodão doce. 

  Noah que é bem mais original, decidiu que iria conquistar uma menina que ficara encantado de um jeito um pouco mais exótico, e que ficará para a curiosidade de vocês, porque eu me recuso a contar as melhores partes.

 Enfim, Noah consegue a garota. 

E a história continua por muito tempo… Diria que até o fim deles próprios! 

 Por que Diário de Uma Paixão? Bom você vai descobrir, e quando isso aconetecer, prometo que você vai se emocionar.

Já no meu caso, foi uma choradeira que só vendo!

 É isso gente, vale muito a pena comprar esse filme, ou pegar emprestado, resumindo, vale a pena assisti-lô.

Beijos Gi Travain  

 

Sábado Sem Noção * * * *

Quando eu li, achei que tinha sido escrito para mim e para a Ana Antiório.

  No livro as protagonistas são Bethany e Carlota, que preferem ser chamadas de Bets e Dots.

  Bets faz o tipo da menina nerd, não que eu seja, mas nessa história ela se parece comigo. E Lots a doida, pegadora e que não quer nada com nada (essa é a que eu acho que parece com a Ana, mas só a parte de ser louca, porque se não a Ana me bate).

  Bom, tudo começa quando Bets acha que está grávida de Declan, seu namorado, depois de sua primeira vez. Ela imediatamente vai procurar Lots, que como sempre está de castigo, por causa do seu padrasto, que sempre a deixa de castigo. O único motivo que faz o padrasto de Carlota tira-la dos seus castigos, é quando Bethany chega, porque ele sempre achou que Bets é uma ótima companhia para Lots.

   O pior é que essa amizade está em risco, e a capacidade de perdoar vai fazer todos os leitores suspirarem.

  Duas meninas fãsda revista Teen Spice! decidem embarcar numa emocionante aventura! Uma excursão sem-noção, onde a revista aconselha as leitoras a fazer. Lots decide fazer essa excursão com sua melhor amiga para faze-la esquecer Declan, seu namorado. Mas por que?

   Isso você só irá descobrir ao ler o livro! Então, arrisque-se a ler! (;         

  Por que deu 4 estrelinhas e não 5? Porque o livro termina do nada, sem explicação, com um “gostinho de quero-mais!”. E o pior! Não tem o segundo volume.

  Mas vocês não podem deixar de ler, um beijo gente!

Até o próximo artigo, Gi Travain (: